557 kg de cloridrato de cocaína e prejuízo de R$70 milhões ao narcotráfico em apreensão da PRF

A droga foi retirada de circulação no estado de Mato Grosso; PRF soma cerca de 19 toneladas de cocaína e seus derivados apreendidas este ano

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 557 kg de cloridrato de cocaína, na manhã desta terça-feira (11), na região de Nobres, em Mato Grosso. Das quase 19 toneladas de cocaína apreendidas pela PRF este ano, cerca de 3,2 toneladas foram flagradas em rodovias federais mato-grossenses. Dessa vez, o crime organizado acabou com um prejuízo estimado de cerca de R$ 70 milhões.

A abordagem assertiva, orientada por informações de inteligência,  foi feita pela equipe de Operações Especializadas da PRF após acompanhamento do veículo da BR-364 até a MT-351 onde foi parado. O veículo, um caminhão prancha, com placas de Americana/SP, era conduzido por um homem de 34 anos.

Os policiais realizaram uma fiscalização minuciosa no veículo e encontraram um compartimento na longarina preparado para o transporte do entorpecente. De lá foram retirados 510 tabletes de cloridrato, substância derivada da cocaína.

O condutor disse ter pego a droga na região de Nova Mutum/MT e que receberia uma ligação informando em qual cidade do estado de Minas Gerais a carga ilícita deveria ser deixada.

Com essa apreensão de 557 quilos de cloridrato, a PRF soma mais de 1,2 tonelada de cocaína e seus derivados retirados de circulação no país apenas neste mês de agosto. No início do mês, mais precisamente em 03 de agosto, mais de 100 Kg de pasta base de cocaína foram apreendidos em ação conjunta no Rio de Janeiro. Já no último dia 07, na BR-163, em Mato Grosso do Sul, foram tirados de circulação 209 kg de cocaína escondidos em uma carga de milho.

 

SECOM PRF MT
e-mail: imprensa.mt@prf.gov.br
Instagram: @prf_mt