Adulteração de veículos, estelionato, recaptura de foragidos, embriaguez ao volante e crime ambiental: 11 pessoas foram detidas pela PRF neste domingo

Flagrantes registrados em Porto Velho, Itapuã do Oeste, Ji-Paraná, Pimenta Bueno e Vilhena

O domingo foi de bastante trabalho para a Polícia Rodoviária Federal em Rondônia. No total, houve a constatação de 10 flagrantes e 11 pessoas responderão à justiça por ilegalidades.

Pimenta Bueno

No período da manhã, dois homens que viajavam em uma caminhonete Toyota Hilux foram presos após os policiais constatarem que o veículo apresentava diversas marcas de adulteração. O automóvel foi encaminhado à perícia da Polícia Civil para identificação dos verdadeiros proprietários e os homens presos.

Itapuã do Oeste

Em atividade de ronda ostensiva na BR 364, uma equipe PRF observou um motociclista tentando mudar de direção ao identificar a viatura policial. Durante a abordagem foi constatado que a motocicleta apresentava placa de identificação de outro veículo, incorrendo assim em crime de adulteração de sinal identificador.

Ji-Paraná

Em outro flagrante de adulteração veicular, o motorista de um veículo de passeio (GM Meriva) foi encaminhado à Polícia Civil após constatação de que o automóvel apresentava irregularidades nas marcações de segurança.

Duas pessoas foram presas por embriaguez ao volante. No primeiro caso, um homem que viajava com três crianças foi preso por apresentar elevado índice de álcool em seu organismo. Na segunda ocorrência, um motorista embriagado foi preso após furar sinal vermelho e realizar manobra de conversão proibida. Durante a abordagem, os policiais identificaram que o motorista era foragido da justiça, por condenação em crime de lesão corporal.

Já no fim de noite, um homem foi preso por estelionato e uso de documento falso ao tentar se passar por advogado durante procedimento de fiscalização policial.

Porto Velho

Na capital do estado, outras duas ocorrências envolvendo motoristas embriagados foram registradas. Na mais grave, o motorista de um veículo utilitário bateu o carro contra as grades de um imóvel pertencente ao Governo do Estado. Em consequência dos fatos observados, foi preso por embriaguez ao volante e também por dano ao patrimônio público. Em ocorrência similar à registrada em Ji-Paraná, policiais rodoviários federais abordaram um motorista que realizou manobra de trânsito proibida e por meio do teste do bafômetro constataram que ele tinha em seu sangue quase duas vezes mais álcool do que o limite criminal previsto em lei.

Na região rural do município, uma mulher responderá por crime ambiental após ser flagrada transportando carne de caça (paca) sem autorização legal.

Vilhena

No cone sul, durante operação de fiscalização de trânsito, um motociclista foi identificado como foragido da justiça e encaminhado ao sistema penitenciário.