Após 50 km de fuga, PRF prende trio de assaltantes e recupera caminhonete roubada

Duas mulheres e um homem foram presos em flagrante e reconhecidos pela vítima, que havia sido mantida refém

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante na madrugada de hoje (19) em Guaraniaçu (PR) um homem e duas mulheres que, horas antes, haviam roubado uma caminhonete em Curitiba.

Além de praticar o assalto, o trio fez o motorista do veículo refém. Após o sequestro, a vítima, de 49 anos de idade, só foi libertada em Guarapuava, na altura do quilômetro 373 da BR-277.

O homem conseguiu então pedir socorro à Polícia Rodoviária Federal. Informada do assalto seguido de sequestro, a equipe da Unidade Operacional Laranjeiras do Sul da PRF tentou abordar a caminhonete, mas o homem que estava na direção, acompanhado das duas mulheres, desobedeceu a ordem de parada.

Em alta velocidade, a caminhonete passou a ser seguida por viaturas da PRF e da Polícia Militar.

Durante o acompanhamento, ao longo de aproximadamente 50 quilômetros, os ocupantes do veículo efetuaram uma série de ultrapassagens forçadas, pela contramão, além de tentar colidir contra as viaturas, colocando em risco a vida dos policiais e dos demais usuários da rodovia.

As equipes da PRF e da PM conseguiram efetuar a abordagem nas imediações do quilômetro 499 da BR-277, em Guaraniaçu.

Na Delegacia da Polícia Civil em Guaraniaçu, a vítima acabou por reconhecer os assaltantes.

Durante a tentativa de abordagem, uma das mulheres envolvidas no crime, de 37 anos de idade, foi atingida por um disparo de arma de fogo. Ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital Universitário de Cascavel, onde permanece internada, sob escolta da PRF. Ela não corre risco de morte e tem previsão de alta para ainda hoje.

Após a alta hospitalar, a mulher também será encaminhada à delegacia. A outra mulher presa tem 43 anos de idade. E o homem preso, 38.

Conforme o relato da vítima, o assalto ocorreu no bairro Campo Comprido, em Curitiba. Uma das mulheres, que dirigia um Renault Megane, bateu de forma proposital na traseira da caminhonete. Ao sair do carro para verificar os danos, o homem foi rendido pelos assaltantes, aos gritos de “perdeu, perdeu”.

O trio portava uma pistola, que ainda não foi localizada. Durante o sequestro, a vítima permaneceu sob constante ameaça por parte do grupo criminoso.

 

 

 

Texto: Fernando Oliveira/Agência PRF, com BDCom PRF de Cascavel
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência PRF)