Coronavírus: Confira as peças com orientações ao efetivo lançadas pela PRF até agora

Além de materiais informativos e documentos voltados aos servidores, Polícia Rodoviária Federal também publicou uma lista de perguntas frequentes direcionadas ao público em geral

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vem adotando nas últimas semanas uma série de medidas para proteger a saúde de seus servidores, colaboradores, familiares e o conjunto da sociedade em relação à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O órgão disponibilizou uma lista de perguntas frequentes sobre a sua atuação durante a pandemia.

Para acessar a lista de pontos de apoio, restaurantes, postos de combustíveis e borracharias que seguem abertos nas rodovias federais e estaduais do Paraná, clique aqui.

Outro material produzido pela PRF contém orientações aos policiais para o seu dia a dia de trabalho, sobre aspectos como limpeza do uniforme, da viatura e demais equipamentos. Confira:

 

[slideshare id=230861065&doc=cuidadosaoassumiroplantaoprfcoronavirus-200325204038]

 

Desde 11 de março, a PRF restringiu a realização dos exames de bafômetro a situações de acidentes de trânsito e a casos em que há suspeita de embriaguez por parte da pessoa abordada. Ao operar o equipamento, o policial deve preferencialmente usar máscara cirúrgica e luvas. O bafômetro deve ficar posicionado o mais distante possível do operador, que deve higienizar as mãos com álcool em gel após cada exame.

No último dia 13, os testes internos anuais de aptidão física foram adiados e outras reuniões presenciais, suspensas. Eventuais atestados médicos de afastamento passaram a ser enviados pelos servidores em formato digital, por meio do Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

 

 

No dia 14, a Direção-Geral da PRF flexibilizou o limite de aplicação do teletrabalho. Com a medida, a avaliação do efetivo presencial mínimo para o desenvolvimento das atividades essenciais passou a ficar a cargo dos gestores de cada unidade administrativa. As atividades de policiamento e fiscalização ao longo das rodovias federais seguem mantidas.

Os servidores em trabalho remoto devem permanecer próximos de sua unidade de lotação, acessíveis por meio do celular funcional. A qualquer momento, podem ser convocados a atuar em ações de enfrentamento à Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional, decretada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

No dia 16, a PRF suspendeu as atividades de educação para o trânsito e as mobilizações de servidores para fora de sua unidade de lotação, à exceção daqueles deslocamentos indispensáveis.

Desde a última segunda-feira (23), a Polícia Rodoviária Federal suspendeu o atendimento presencial em todas as unidades no Paraná. A suspensão não atinge as ações de apoio, orientação e fiscalização, nem as liberações de veículos recolhidos aos pátios do órgão.

No último dia 20, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou uma deliberação que suspende, por tempo indeterminado, os prazos para defesa de autuação e recursos de multas, entre outros. Os motoristas com carteira de habilitação vencida desde 19 de fevereiro também podem continuar dirigindo.

Desde sábado (21), a PRF disponibilizou um arquivo de áudio de orientação para ser utilizado pelos policiais a partir dos alto-falantes das viaturas, caso se deparem com aglomerações de pessoas em vias públicas.

Recomendações gerais

É fundamental que todos coloquem e mantenham em prática as medidas de prevenção recomendadas pelas autoridades de saúde, como evitar aglomerações, lavar as mãos com frequência, cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar, não tocar olhos, nariz e boca, entre outras orientações.

É imprescindível que as pessoas idosas, entre elas muitos de nossos servidores aposentados, evitem ao máximo comparecer às unidades da PRF, ou mesmo sair de casa. O Espaço Histórico da PRF em Curitiba seguirá fechado por tempo indeterminado.

Em ambientes como o edifício-sede, a sugestão é evitar os elevadores e usar as escadas. Apertos de mão passaram a ser desaconselhados. Reuniões inadiáveis devem ter poucas pessoas presentes, com ao menos dois metros de distância entre cada uma delas.

Os servidores que apresentarem febre, tosse ou dificuldade para respirar não devem comparecer ao trabalho. Se um desses sintomas aparecer durante a jornada, o servidor deve deixar seu posto de trabalho imediatamente.

A eventual detecção de casos suspeitos ou confirmados de covid-19 entre servidores ou colaboradores da PRF deve ser informada imediatamente ao respectivo centro regional de comando e controle.

 

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/780917377″ params=”color=#231c4f&auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&show_teaser=true&visual=true” width=”100%” height=”450″ iframe=”true” /]

Clique aqui para baixar o arquivo MP3 do áudio acima.

 

[slideshare id=230915774&doc=coronavirusinfografico1-200326152930]

 

 

Notícias já publicadas pela PRF relacionadas à pandemia do novo coronavírus:

• Coronavírus: Diretor-geral da PRF participa de ação voltada a caminhoneiros no Paraná (28.mar.2020)

• PRF acolhe mecânico que distribuía marmitas a caminhoneiros à beira de rodovia (27.mar.2020)

• PRF participa de ações em apoio aos caminhoneiros no Paraná (27.mar.2020)

• PRF leva doação de álcool gel para comunidade carente e penitenciárias de Ponta Grossa (26.mar.2020)

• PRF ajuda família a distribuir comida para caminhoneiros no Paraná (26.mar.2020)

• PRF apoia ação de combate à pandemia do novo coronavírus em Foz do Iguaçu (PR); assista (22.mar.2020)

• PRF suspende atendimento presencial em suas unidades no Paraná (20.mar.2020)

• PRF oferece uma série de serviços pela internet e pelos Correios (18.mar.2020)

 

 

Texto: Fernando Oliveira/Agência PRF
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência PRF)