Crime Ambiental: madeira ilegal é apreendida pela PRF em Caracaraí

Em duas abordagens, a PRF apreendeu mais de 10 m³ de madeira do tipo angelim-pedra que estava sendo transportada sem Documento de Origem Florestal (DOF).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu dois caminhões que transportavam madeira sem documentação de origem, na noite desta segunda-feira (04), na BR-174, município de Caracaraí. Cabe destacar que para o transporte de madeira ou qualquer produto ou subproduto florestal de origem nativa, é necessário possuir o DOF.

Na primeira ocorrência, no km 255, os agentes abordaram uma M.Benz/L 2213 que transportava 4 m³ de madeira do tipo angelim-pedra. Ao realizarem os procedimentos de praxe, os policiais solicitaram o documento que autoriza o transporte da madeira, no entanto, o condutor não apresentou o DOF e afirmou que tinha como pretensão vender a carga.

Mais adiante, os PRF’s abordaram outro caminhão que transportava 9 m³ do mesmo tipo de madeira. O condutor, ao ser indagado, afirmou que a madeira seria utilizada no seu sítio e, da mesma forma que o condutor anterior, também não possuía o documento de origem florestal.

É sabido que o tipo de madeira que ambos estavam transportando (angelim-pedra) é fácil de ser trabalhado e é bastante utilizado na produção de móveis e na construção civil.

Diante dos fatos, os condutores e as cargas foram encaminhados à Polícia Civil de Caracaraí, por cometerem o ilícito ambiental tipificado no artigo 42 da Lei 9605/98.

Núcleo de Comunicação-PRF/RR

Texto: Ester Arruda