Dia das Crianças na Academia Nacional da PRF

A festa do Dia das Crianças na Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal (ANPRF), sob o sol forte de Florianópolis, ofuscado apenas pelo brilho das crianças presentes, foi preparada com muita dedicação. Um dia inesquecível para as crianças, pais, alunos e instrutores. A comemoração aconteceu na manhã de sábado (12).

A ANPRF abriu suas portas para receber as crianças em um dia especial. Os visitantes participaram de diversas atividades. Na oficina de exposição de viaturas e equipamentos da PRF, tiveram a oportunidade de conhecer os instrumentos de trabalho usados no dia a dia dos policiais. Os pequenos entraram nas viaturas, acionaram as sirenes e os rádios. Os maiores puderam dar uma volta, embalados por bastante euforia e alegria.

As crianças assistiram à apresentações educativas e participaram de diversas oficinas recreativas. Quando andaram na viatura, encontraram uma outra criança perdida, numa simulação, aprenderam cuidados a serem tomados nesse tipo de situação e como proceder. Lições que marcarão a vida dos pequenos para o resto de suas vidas.

Um pouco mais adiante, trajando kimono, a criançada fortalecia os laços e afiava o treinamento através do jiu-jitsu, sob os cuidados de faixas pretas do Curso de Formação Profissional (CFP2019). Esse elo é usado como mecanismo de integração e o esporte permite uma interação natural.

No ginásio, mais um momento feliz, onde todos se reuniram para um lanche, se preparando para o encontro com o “Camaradinha”, personagem de educação para o trânsito da PRF. Em seguida, cantaram e dançaram ao som de músicas educativas.

O diretor-executivo da PRF, José Lopes Hott Júnior, esteve presente no evento e interagiu não somente com alunos e instrutores, mas com toda a comunidade. Com seu olhar maximizado, falou sobre sua perspectiva da interação entre a ANPRF e a comunidade.

“O desafio da segurança pública é grande, muito grande mesmo, e a gente só vai vivenciar esse desafio atuando em várias frentes, não somente na repressão. A gente tem que se aproximar da sociedade, principalmente dar muita atenção às crianças. Elas têm que ver no policial um ídolo, no agente do estado um exemplo a ser seguido. A vontade de ser policial deve fazer parte do sonho das crianças. Então, essa aproximação faz parte da visão da PRF de construir um Brasil mais seguro”, afirmou Hott.

E acrescentou a importância de alcançar essas crianças das comunidades junto com a parceria de outros órgãos públicos.

“A criança replica e influencia a família. Tenho que registrar que essa ação não é isolada. Temos a parceria da Polícia Militar de Santa Catarina, que iniciou um excelente trabalho nas comunidades locais. Somamos esforços com vários órgãos públicos, para poder melhorar a qualidade da segurança na região”, finalizou o diretor-executivo.

A coordenadora-geral do CFP2019, Miriane Menegaz, observava a estrutura montada por alunos e instrutores. Ela traduziu em palavras o sentimento de felicidade pela realização do evento e a interação com a comunidade local.

“É um momento ímpar, pois coaduna com todos os valores institucionais. A aproximação efetiva com a sociedade é fundamental para exercitarmos constantemente esses valores. E também para desmistificar, muitas vezes, a ação policial, mostrar que a polícia é sempre parceira do cidadão e está ali para auxiliar, para ajudar, manter o nível de segurança necessário para a sociedade. Estar com as crianças é mais importante ainda, pois são o futuro do nosso país, da nossa sociedade. Fazer com que eles cresçam com os valores corretos e participar disso é muito gratificante”, disse a coordenadora-geral.

Miriane ainda revelou suas expectativas sobre ações sociais para a melhoria de vida para as crianças de comunidades da região.

“Temos uma premissa de integração com a Polícia Militar de Santa Catarina para que essas ações sejam permanentes” afirmou a coordenadora-geral.

O coordenador da ANPRF, Marcos Pierre Vespermann Carvalho, acompanhado da esposa e dos filhos, de 8 e 11 anos, comentou sobre a necessidade da empatia da sociedade com o serviço policial. Ele falou ainda sobre o evento e as crianças terem uma nova visão da polícia.

Os alunos do CFP 2019 da ANPRF colaboraram não só com o cumprimento de suas funções, mas também envolveram-se efetivamente com a ideia de fazer o bem. Alguns alunos revelaram seus sentimentos em relação ao trato com as crianças e a alegria de desempenharem suas funções, sentindo-se efetivamente parte da excelência da Polícia Rodoviária Federal.

O evento foi um dia repleto de sorrisos, abraços, risadas, aprendizados, amizade, união, diversão e muitos outros predicados. Um dia memorável que impactou a vida de todos os presentes, principalmente as crianças, o nosso futuro.

 

Álbum de fotos: clique aqui

 

Redação: José Helio, Rennan Kelvin e Felipe Luiz