Em ação conjunta, PRF e Polícia Civil prendem assaltantes em Curitiba

Dupla presa cometia assaltos contra motoristas parados em acostamentos de rodovias federais; terceiro suspeito alvo de mandado de prisão segue foragido

 

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil do Paraná (PCPR) realizaram no início da manhã desta quarta-feira (19) uma operação conjunta para cumprir três mandados de prisão preventiva e outros três mandados de busca e apreensão contra integrantes de uma quadrilha especializada em cometer assaltos em acostamentos de rodovias na região metropolitana de Curitiba.

Dois homens alvos dos mandados judiciais já foram presos, ambos no bairro Tatuquara, na região sul de Curitiba. O terceiro ainda está foragido e segue sendo procurado.

O trio é suspeito de envolvimento em uma série de roubos registrados nos últimos meses em trechos de rodovias federais como o Contorno Leste (BR-116), em São José dos Pinhais e cidades vizinhas.

De acordo com as investigações, iniciadas a partir de abordagens e levantamentos feitos pela PRF, o trio agia de forma extremamente violenta, com ameaças e uso de armas de fogo. Durante as ações criminosas, causavam pânico e terror entre as Vítimas, que os reconheceram com 100% de certeza.

Participaram da operação, denominada ‘Acostamento Seguro’, 25 policiais rodoviários federais, que tiveram o apoio de cães farejadores e de um helicóptero da corporação.

As vítimas dos assaltos eram motoristas em situação de pane mecânica, que eram abordados pelos assaltantes enquanto estavam parados nos acostamentos de rodovias federais da região de Curitiba. Alguns funcionários de concessionárias que trabalhavam em ações de apoio a usuários ou em obras de manutenção de rodovias também foram vítimas dos roubos.

A operação em curso faz parte do projeto “Em frente Brasil”, lançado em agosto do ano passado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. São José dos Pinhais é uma das cinco cidades que participam do projeto, que envolve órgãos federais, estaduais e municipais com o objetivo de coibir crimes violentos.

Entrevista coletiva

Logo mais, às 10h30, haverá uma entrevista coletiva sobre a operação, na sede da Delegacia de Furtos e Roubos, em Curitiba.. Participam da entrevista o delegado da Marcelo Magalhães e o chefe da Seção de Operações Especializadas da PRF, Cirilo Alvares.

 

Texto: Fernando Oliveira/Agência PRF
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência PRF)
Imagens gerais: PRF
Imagens aéreas: DOA/PRF

 

Para acessar o álbum de fotos da operação, clique aqui.

 

 

 

 

 

Para acessar o álbum de fotos da operação, clique aqui.