Em ações simultâneas, PRF flagra mais de 80 motoristas bêbados no Paraná

Embriaguez ao volante é a sexta principal causa de mortes em rodovias federais; fiscalização ocorreu na madrugada de sábado para domingo

 

As equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagraram no Paraná ao menos 81 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas, entre a noite de ontem (25) e a madrugada deste domingo (26).

O número, ainda preliminar, é resultado de uma ação temática nacional de fiscalização da PRF, voltada especificamente às infrações de embriaguez ao volante.

Mais de 700 testes do bafômetro foram feitos em todas as regiões do estado.

Em Curitiba, a ação envolveu 22 policiais rodoviários federais e sete policiais civis da Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran). Apenas em Curitiba, na BR-277, em frente ao Parque Barigui, 17 casos de embriaguez foram contabilizados, ao longo de três horas de fiscalização.

Em algumas cidades do interior, agentes de trânsito e guardas municipais também fizeram ações similares, em trechos próximos a rodovias federais.

Dirigir sob a influência de álcool é uma das seis principais causas de mortes nas rodovias federais do Paraná.

Multa e suspensão

A multa por embriaguez ao volante custa R$ 2.934,70 ao motorista, que tem a carteira de habilitação suspensa por um ano. Conforme o nível de álcool, além da infração administrativa, o motorista ainda é preso em flagrante por crime de trânsito.

Quem se recusa a fazer o teste do bafômetro também é autuado e está sujeito ao mesmo período de suspensão.

Se apresentar sintomas visíveis de embriaguez, o motorista que não se submete ao exame também é preso, a partir do preenchimento de um termo de constatação, conforme modelo definido pelo Conselho Nacional de Trânsito.

 

Para acessar o álbum de fotos desta notícia, clique aqui.

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=hZ-uIJoMKak]

 

 

Texto e fotos: Fernando Oliveira / Agência PRF
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência PRF)