Em Jaru, PRF apreende 31,22 m³ de madeira irregular

Durante a fiscalização, os agentes encontraram diversas irregularidades no Documento de Origem Florestal (DOF) e na nota fiscal apresentada

Na noite dessa segunda-feira (1), por volta das 19h50, no km 432 da BR-364, na cidade de Jaru-RO, uma equipe de policiais rodoviários federais abordou um veículo que transportava 31,22m³ de madeira serrada e seguia do Distrito de Vista Alegre do Abunã, pertencente à cidade de Porto Velho-RO, e tinha como destino Colombo-PR.

Durante a fiscalização, os agentes encontraram diversas irregularidades no Documento de Origem Florestal (DOF) e na nota fiscal, onde constava que a madeira havia sido embarcada na cidade de Lábrea-AM, mas foi verificado que a mercadoria foi carregada, de fato, no Distrito de Vista Alegre do Abunã. Outra irregularidade consiste em divergência entre os perfis que foram declarados nos documentos e os que estavam embarcados no veículo.

Diante dessas irregularidades, foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência Policial (TCO), pela prática, em tese, do crime de transporte de madeira sem licença válida, previsto no art. 46 da Lei nº 9.606/98 (Lei de Crimes Ambientais).