Em praça do pedágio na BR 324, PRF recupera Fiat Toro furtado em Santo André (SP) e prende dupla por receptação e uso documento falso

A PRF na Bahia recuperou este ano 271 veículos que circulavam com registro de roubo, furto, clonado ou adulterado pelas rodovias federais que cortam o estado. O levantamento realizado até 22/04 representa um aumento superior a 34% em comparação ao mesmo período de 2019, quando foram recuperados 201 veículos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou na madrugada desta quinta-feira (23), na BR 324, em Amélia Rodrigues (BA), um automóvel Toro Endurance que possuía registro de furto. A ação aconteceu durante fiscalização de combate a criminalidade na altura do quilômetro 551 da rodovia.

Equipe da PRF realizava patrulhamento no trecho, quando visualizou a caminhonete transitando na rodovia de forma suspeita. Durante os procedimentos de fiscalização, os policiais desconfiaram das informações desencontradas do motorista, o que levou a equipe a aprofundar a verificação no carro.

Foram solicitados documentos pessoais do condutor e do veículo. Após realizadas consultas ao sistema de segurança e a identificação veicular, os agentes constataram que o documento (CRLV) apresentava indícios de falsificação e, também, que a caminhonete possuía ocorrência de furto, conforme registro do crime, em novembro de 2019, na cidade paulista de Santo André.

Aos policiais o condutor que é natural de Salvador (BA) informou que estaria levando o veículo para Rodelas (BA). Também foi encontrada uma pequena quantidade de droga (maconha/cocaína) para consumo.

O veículo, os infratores, o CRLV foram apresentados a autoridade policial da Delegacia de Polícia Judiciária local. O crime de receptação e uso documento falso estão previstos nos arts. 180 e 304, respectivamente, do Código Penal Brasileiro.

O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinária da PRF e ações pontuais são realizadas sempre que se constata uma maior incidência desse tipo de crime em determinadas regiões do país.