Férias escolares e temporada de araguaia PRF alerta para os cuidados na estrada

O mês de julho é tempo de férias escolares, alta temporada no rio Araguaia, período que muitas famílias pegam a estrada para visitar amigos e familiares, fatores que levam ao aumento do movimento nas rodovias federais que cortam o estado de Goiás.

Com o fluxo de veículos intensificado, os motoristas ficam mais vulneráveis a envolver-se em acidentes de trânsito e, por isso, a Polícia Rodoviária Federal orienta sobre as atitudes que contribuem para evitar transtornos nas estradas.

O que será mais observado pelos agentes

Especialmente nessa época do ano, em que é habitual o uso de bebidas alcoólicas nos encontros e acampamentos, a PRF está atenta à mistura bebida e direção. Todas as viaturas em ronda estão equipadas com etilômetros para coibir essa prática. Além da embriaguez ao volante, a ultrapassagem forçada ou proibida é causa de muitos acidentes graves nas rodovias federais. Juntamente ao excesso de velocidade, são os principais alvos da fiscalização dos policiais rodoviários federais.

Bagagem

Para os viajantes com muita bagagem, atenção com a amarração da carga para que não exceda as dimensões do veículo. E os que farão uso da carretinha, a preocupação deve ser com sua documentação, a manutenção em dia, as luzes de sinalização, pneus e freios, para que sua visualização não fique comprometida durante a viagem.

A PRF alerta também os pais que pegarão a estrada com crianças e bebês: atentar para o dispositivo de segurança adequado para cada idade:

  • Bebês de até um 1 ano devem ser transportados no banco traseiro, acomodados no bebê conforto.
  • De 1 a 4 anos deve ser feito o uso da cadeirinha.
  • Para crianças de 4 a 7 anos e meio, é obrigatório o uso do assento de elevação.

Crimes ambientais

Com a temporada do Araguaia é comum o aumento de ocorrências envolvendo crimes ambientais. Os agentes da PRF e a das instituições de fiscalização ambientais também intensificarão as fiscalizações a fim de coibir a pesca predatória, as queimadas, a poluição, bem como transporte irregular de pescados e animais silvestres.

Resultados de 2017

Durante o mês de julho do ano passado 28 pessoas morreram em acidentes de trânsito nas rodovias federais goianas, quando foram registradas 247 ocorrências e 218 pessoas ficaram feridas.

A maior parte das mortes aconteceram em decorrência de colisões frontais (7), saídas de pista (7) e atropelamentos de pedestres (5). São tipos de acidente que ocorrem, muitas vezes, por falta de atenção, alta velocidade e ultrapassagens indevidas.

O excesso de velocidade, a ultrapassagem em local proibido e o não uso do cinto de segurança figuravam entre as principais infrações flagradas pelos policiais rodoviários federais.

O mau estado de conservação do veículo, comprometendo a segurança, e a falta de documento obrigatório ou documentação vencida também são infrações recorrentes no período das férias escolares. No total, a PRF em Goiás aplicou 12.748 multas no mês de julho de 2017.

Dicas

Antes de pegar a estrada:

  • Verifique as condições dos pneus, dos equipamentos obrigatórios (macaco, estepe, chave de roda, triângulo, etc.), do sistema de iluminação e sinalização do veículo;
  • Verifique se a documentação obrigatória está em dia;
  • Descanse bem na noite anterior.


Durante a viagem:

  • Respeite, acredite e obedeça à sinalização;
  • Obedeça aos limites de velocidade permitida, dirija com prudência, pois o excesso de velocidade é a causa da maioria dos acidentes;
  • Ultrapasse somente um veículo por vez, em locais permitidos e com a certeza do sucesso da manobra. Facilite a ultrapassagem dos outros veículos;
  • Guarde uma distância segura do veículo que vai à frente;
  • Mantenha sempre os faróis acesos;
  • Certifique-se de que todos os ocupantes do veículo estejam com o cinto de segurança ou nos equipamentos adequados;
  • Se beber, não dirija. Álcool e direção nunca combinaram.

Aproveite bem suas férias com sua família e amigos. Lembre-se que sua vida é o bem mais precioso, que há sempre alguém que você ama lhe aguardando para um gostoso abraço, e que a PRF tem a obrigação de fiscalizar o trânsito (veículos e cidadãos) para o objetivo maior que é SALVAR VIDAS.

Nucom.GO

Superintendência Regional da PRF no Estado de Goiás, estabelecida desde 1959. Hoje conta com 7 delegacias, 13 postos de fiscalização em mais de 3.000 km de malha viária no estado.