Flagrante na BR-116: PRF e DECARGA apreendem grande carregamento de produtos falsificados de marcas famosas; assista

O consumidor muitas vezes compra o produto sem saber da falsificação, pagando o preço de uma mercadoria verdadeira.

Uma operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil, através da especializada Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (DECARGA), resultou na apreensão de toneladas de produtos falsificados. As mercadorias estavam no compartimento de carga de um caminhão.

Tudo começou após abordagem a um caminhão M.Benz/Atego 2425, ocorrido na noite de ontem (10), na altura do quilômetro 423 da BR 116, trecho do município de Feira de Santana (BA). A carreta era conduzida por um homem de 36 anos, que estava acompanhado de quatro pessoas, dos quais três menores de idade.

Durante vistoria ao baú, os policiais encontraram caixas entre sapatos, tênis, sandálias e bolsas notoriamente falsificadas, das marcas Adidas, Mizuno, Puma, Kenner, Calvin Klein, Fila, Nike, Lacoste e All Star, entre outras.

Ao todo foram apreendidos 31.018 pares de calçados e 60 bolsas.

Na fiscalização, ficou constatado que os produtos estavam desacompanhados da devida documentação fiscal, além . Os produtos que saíram do estado de Minas Gerais abasteceriam lojas de setores diversos da região Nordeste.

Esses produtos falsificados são muitas vezes vendidas em lojas e revendidos como sendo originais. O consumidor que compra o calçado é lesado financeiramente e também corre riscos ao utilizar um produto que não segue os critérios de qualidade.

Por causa da sonegação fiscal o Brasil deixa de arrecadar bilhões em impostos por ano. Recolher menos impostos é o mesmo que dizer: “menos saúde, menos escolas, menos hospitais, menos segurança”.

O condutor, o veículo e as mercadorias foram apresentados na Delegacia de Polícia Judiciária para instauração de Inquérito Policial e demais providências cabíveis.