Força tarefa apreende carga de defensivos agrícolas falsificados

 

O trabalho conjunto foi deflagrado pela Polícia Civil do Maranhão e pela Policia Rodoviária Federal. Foram apreendidos 1.980 litros de defensivos agrícolas, avaliados em meio milhão de reais. A policia ouviu pessoas suspeitas de envolvimento no caso.

Uma grande operação policial realizada por forças de segurança do estado apreendeu no município de Balsas/MA, um carregamento de 1.980 litros de defensivos agrícolas falsificados. Os trabalhos tiveram início no dia 02 de junho, quando o carregamento saiu da cidade de Uberaba, no sudoeste do estado de Minas Gerais, passando por Goiás e Tocantins, até o polo produtor de soja de Balsas, no sul do Maranhão.

A carga chegou ao destino, uma fazenda na área rural do município, no início da noite de sexta-feira (05), e no momento do descarregamento, agentes da Polícia Civil do Maranhão e policiais rodoviários federais realizaram a apreensão. Durante o sábado (06) a polícia ouviu ao menos uma dezena de pessoas.


A carga de defensivos agrícolas falsificados é o carregamento adquirido por uma empresa de Balsas, especializada em venda de sementes. Ela realizaria outras vendas na região. Com o avanço das investigações foi possível descobrir que o dono da Fazenda, onde foram apreendidos os produtos falsificados, teria sido enganado por donos de empresa especializada na venda de defensivos agrícolas, situada na cidade de Balsas/MA, que revendia os produtos como originais e com valores similares aos praticados no mercado. Foi possível descobrir também quem seriam os responsáveis pela empresa, que vendeu os defensivos falsificados para o dono da fazenda. A operação evitou outras três transações que seriam efetivadas, resguardando aproximadamente 19.800 hectares de produção agrícola. As investigações policiais permanecem, com intuito de identificar e prender todos os integrantes da organização criminosa.


A carga de 1.980 litros de defensivos agrícolas falsificados foi avaliada em meio milhão de reais.

Participaram da operação, agentes da Polícia Civil do Maranhão através da Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC, e de outras delegacias de polícia do sul do estado; a PRF disponibilizou agentes da delegacia PRF de Balsas.

 

Fonte: PRF / PC MA