Policiais Contra o Câncer Infantil

O Dia 23 de novembro foi instituído pela Lei nº 11.650/08 como o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil (DNCCI), para, entre outras medidas, estimular ações educativas e promover eventos para fortalecer políticas de atenção integral às crianças com câncer e suas famílias.

Considerando que responsabilidade social é um dos valores da Polícia Rodoviária Federal, a instituição aderiu ao projeto “Policiais Contra o Câncer Infantil”, que pretende estimular, em âmbitos interno e externo, ações de prevenção, assistência e enfrentamento ao câncer infanto-juvenil, durante o mês de novembro de 2018. Atualmente a PRF realizou um acordo de cooperação técnica com a Confederação Nacional das Instituições de Apoio às Crianças com Câncer (CONIACC) para aprimorar o projeto da PRF.

O “Policiais Contra o Câncer Infantil” consiste, além da doação de medicamentos, livros, brinquedos e outros itens arrecadados, de acordo com a demanda da entidade beneficiada, em levar momentos de esperança e descontração para as crianças. Elas, além do sofrimento físico do tratamento, passam por um processo de baixa autoestima gerada pela queda dos cabelos. Assim, como forma de colaborar para o sentimento de orgulho pessoal dessas crianças, e tendo em vista que cada policial carrega uma simbologia de poder e arquétipo de herói, eles são convidados a raspar seus cabelos almejando um objetivo maior: fazer com que as crianças se sintam semelhantes a eles, o que ajuda no processo de recuperação da autoestima.

Além de auxiliá-las com a entrega de bens materiais e fortalecimento da autoestima, a ação serve também para o engrandecimento pessoal dos policiais e sua sensibilização para com a questão da fragilidade humana, contribuindo para atuações mais humanizadas diante das intercorrências do dia a dia, durante os trabalhos na atividade finalística da polícia.

Breve Histórico
A campanha iniciou-se no Brasil em 2014, em Goiânia, a partir de uma iniciativa da Comissão de Direitos Humanos da PRF em Goiás, obtendo grande repercussão interna, com apoio de centenas de policiais, e também externa, com ampla divulgação na mídia nacional. Alguns meses depois, a ação foi realizada em Itabuna, na Bahia, por iniciativa da Delegacia PRF daquela região.

No ano passado (2017), o projeto atendeu mais de 1300 crianças, sendo que quase 800 servidores da PRF se esforçaram para realizar dezenas de eventos em todo o Brasil. Foram passeios ciclísticos, motociclísticos, solidário, que culminaram com um grande evento de entrega das doações, ocorrido na maior parte das unidades federativas, em 27 cidades, entre 17 de novembro e 05 de dezembro, envolvendo um público total de 5800 participantes, número esse maior que o da edição anterior (2016).

Para visualizar o material completo clique AQUI