Policiais Rodoviários Federais socorrem motociclista que estava desaparecido após acidente na BR 101

A luz da motocicleta que ele conduzia, chamou a atenção do policiais que passavam pelo local

Na noite desta terça-feira (31), policiais rodoviários federais socorreram um motociclista que tinha sofrido um acidente grave e estava inconsciente, caído em uma vala da rodovia e difícil de ser visto. A luz da motocicleta que ele conduzia, chamou a atenção do policiais que passavam pelo local e acharam que poderia ser ações de bandidos, no entanto encontraram uma vítima de acidente em estado grave.

Era por volta das 23h30, quando os agentes federais faziam ronda pela BR 101, em Pilar, e observaram que havia uma luz acesa dentro de uma vala localizada no acostamento da rodovia. Desconfiados de que no local poderia ter pessoas suspeitas ou com intenção de praticar crimes na região, os policiais foram averiguar o local e se surpreenderam ao avistar um homem desacordado e com ferimentos graves. A luz que vinha do local, era da motocicleta que ele conduzia. O homem estava inconsciente e não conseguia respirar.

Os PRFs tiveram que ser rápidos para realizar o socorro, pois não sabiam há quanto tempo o indivíduo havia sofrido o acidente. Eles tiveram que liberar as vias respiratórias da vítima e realizar os primeiros socorros, enquanto aguardavam pelo atendimento médico.

Com base na análise dos vestígios identificados no local do acidente, a vítima seguia o fluxo na BR 101/AL, sentido Sul (crescente), quando perdeu o controle do veículo e saiu do leito carroçável, caindo às margens da rodovia, onde a motocicleta se imobilizou, sendo o condutor projetado ao solo.

Conforme constatações e levantamento de local de acidente, concluiu-se que o fator principal da ocorrência foi o fato de a pista estar muito escorregadia, devido às fortes chuvas no momento do acidente.

A família informou que estava sem notícias do rapaz, de 23 anos de idade, quando soube do acidente, e agradeceu aos policiais pela dedicação e pronto- atendimento, pois os médicos relataram que esses primeiros socorros foram essenciais para conseguir salvar a vida do motociclista.