PRF apreende em São Paulo mais uma carga milionária de cigarros ilegais

No dia 12 de novembro de 2018, durante operação de combate ao crime, PRFs apreenderam mais uma carga milionária de cigarros contrabandeados. Ela estava escondida num caminhão baú. São aproximadamente 700 mil maços de cigarros avaliados em R$ 2,45 milhões. A carga ilegal foi apreendida após identificação de um erro de português na nota fiscal da carga. Um homem foi preso. A carga foi apreendida em Registro.

Por volta das 09:10, PRFs em serviço na Unidade Operacional de Registro, km 439 da Rodovia Régis Bittencourt, abordaram um caminhão-trator Scania modelo P340 com placas de São Paulo/SP, tracionando um semirreboque baú com placas de Ibitinga/SP, conduzido por um motorista profissional de 32 anos.

Durante inspeção ao veículo e carga, o motorista apresentou uma nota fiscal de “BUBINAS” de PAPEL, que foi despachada de Bocaiuva do Sul/MS e tinha como destino Belo Horizonte/MG. Tendo em vista o grave erro de português, os PRFs decidiram conferir a carga, momento que encontraram 700 mil maços de cigarros produzidos no Paraguai, todos acondicionados em 1.400 caixas. Questionado, o motorista acabou por admitir que sabia da carga de cigarros, que ela é ilegal e que a levaria até Belo Horizonte. Ainda segundo o motorista, há menos de 05 meses, ele foi preso pelo mesmo motivo no Estado do Paraná.

Após o registro da prisão em flagrante e da apreensão da carga e dos veículos, o motorista foi recolhido ao sistema carcerário da região. A carga, posteriormente, será destruída e os veículos serão leiloados e os recursos revertidos à União.

Somente este ano, na Região do Vale do Ribeira, em São Paulo,  a PRF já apreendeu 1,81 milhão de maços de cigarro que, nas ruas, seriam revendidos por pelo menos R$ 6,35 milhões.