PRF apreende pássaros silvestres e mercadorias sem nota fiscal durante fiscalização na BR-174

Em condições de maus-tratos, os animais estavam sendo transportados no bagageiro de um ônibus

Quatro pássaros silvestres e cerca de 1 tonelada de mercadoria sem nota fiscal foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na tarde desta segunda (1º), durante fiscalizações no km 294 da BR-174, em Pontes e Lacerda/MT.

Por volta das 17h, os PRFs abordaram um ônibus da linha Cuiabá/MT – Rio Branco/AC e durante fiscalização no bagageiro do veículo foram encontrados quatro pássaros silvestres, aparentemente da espécie Canário da Terra. Os animais estavam em gaiolas e seriam levados para a cidade de Juruena/MT, uma viagem de mais de 12h e em condições que colocaria em risco a sobrevivência dos bichos.

Um dos passageiros assumiu ter capturado os pássaros, com auxilio de um alçapão, em um sítio. Por apanhar espécie da fauna silvestre, transportá-las sem autorização e em condições de maus-tratos, contra ele foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO. Os pássaros foram encaminhados para a Polícia Militar Ambiental.

Descaminho – 14 fardos de peças de vestuários também foram apreendidos pela PRF de Pontes e Lacerda na tarde desta segunda (1º). A mercadoria seguia de Porto Velho/RO para Goiania/GO em veículo de empresa transportadora. O motorista apresentou aos policiais uma nota fiscal na qual estavam descritos 560 Kg de mercadorias, mas os agentes perceberam incompatibilidade entre o declarado no documento e o material apreendido. No total, foram 14 fardos que pesavam cerca de 80 kg cada um, somando mais de 1 tonelada de peças, possivelmente de origem estrangeira, sem etiquetas ou descrição de procedência, fabricante ou importador. Todo material foi encaminhado para a Receita Federal em Cáceres/MT.