PRF e PM realizam operação conjunta para fiscalizar motocicletas em Arapongas (PR)

70% das motocicletas tinham alguma irregularidade

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em conjunto com a Polícia Militar (PM), realizou uma operação com ênfase na fiscalização de motocicletas na tarde desta quinta-feira (23), na BR 369, no município de Arapongas.

O objetivo da operação foi unir forças para intensificar o policiamento, contribuindo na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito e aumentar a percepção de segurança. A motocicleta é um veículo versátil que proporciona grande mobilidade no trânsito urbano, sabendo disso alguns condutores cometem inúmeras infrações de trânsito, colocando em risco a própria vida e a de terceiros.

Ao todo, foram fiscalizadas 44 motocicletas e 47 pessoas. Foram lavrados 88 autos de infração e 25 veículos foram recolhidos ao pátio conveniado para regularização. As infrações mais flagradas foram conduzir veículo com débitos tributários em atraso; em mau estado de conservação; transitar sobre calçada ou faixa de pedestre e sem possuir CNH. Do total de veículos abordados, mais de 70% possuíam alguma irregularidade.

A maioria dos condutores fiscalizados não utilizavam os equipamentos obrigatórios de forma correta ou não os possuíam. Especificamente quanto ao uso do capacete sem a viseira, viseira com película refletiva ou espelhada, com viseira levantada, sem afivelar corretamente e sem faixa refletiva.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) obriga que os faróis das motocicletas devam permanecer ligados o tempo todo, mesmo durante o dia e nos perímetros urbanos. Deixar de manter os faróis acessos é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47.

Acompanhe as notícias da PRF no Paraná através do Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp

Texto: Maciel Jr / Agência PRF | Colaborou a BDCom da Delegacia PRF em 
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência PRF)