PRF em Mato Grosso registra aumento no número de apreensões de drogas, madeira e pessoas detidas em 2020

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem atuado fortemente contra a criminalidade em Mato Grosso.

Mesmo em meio a pandemia de COVID-19, onde a recomendação é o isolamento, o número de apreensões de drogas, madeira e pessoas detidas é superior ao do mesmo período em 2019.

Mato Grosso possuí uma fronteira seca de aproximadamente 800 quilômetros com a Bolívia (um dos grandes produtores de cocaína) e também fica próximo ao Paraguai (produtor de maconha) o que faz do Estado um dos corredores de distribuição para os centros consumidores. De 01 de janeiro até 01 de maio, as apreensões de maconha subiram de 763,866 kg, em 2019, para 1.001,139 kg, neste ano.

Em se tratando de cocaína, a diferença é ainda maior, 1.577,7 kg, em 2020 e 393,698 kg, em 2019.

As apreensões de madeira também tiveram um aumento no mesmo período. Foram 2.457,14m³ neste ano e 1.322,37m³ em 2019.

Pessoas detidas foram 810, em 2020 e 626, no ano anterior.

A PRF em Mato Grosso teve um aumento no seu efetivo, o que proporcionou uma intensificação das ações dos grupos especializados no combate ao tráfico de drogas e aos crimes ambientais.

SECOM PRF MT