PRF fiscaliza uso irregular de acostamento na região metropolitana de Curitiba

Durante a operação, 58 autuações foram lavradas, 25 apenas de acostamento; 13 veículos foram recolhidos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em conjunto com a concessionária Autopista Planalto Sul e empresa de guinchos conveniados, realizou na manhã desta quarta (13) uma operação com foco na utilização irregular do acostamento na BR-116, em Fazenda Rio Grande.

Durante a operação, que teve início às 6h30 e terminou às 9h, 38 veículos foram fiscalizados e 58 autuações foram lavradas, sendo que 25 foram relativas ao uso irregular do acostamento. Motoristas foram flagrados dirigindo sem CNH, com CNH vencida e até com CNH suspensa, que é um crime de trânsito previsto com detenção de até três anos. 13 veículos com documentação irregular foram recolhidos aos pátios da PRF.

Transitar pelo acostamento é uma infração de trânsito gravíssima, que tem o valor de R$ 880,41. Ultrapassar pelo acostamento, também é uma infração gravíssima, mas tem um valor de R$ 1.467,35. Em ambas, o motorista tem sete pontos adicionados em sua CNH.

Texto: Maciel Jr / Agência PRF
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência PRF)