PRF frustra ação de quadrilha de roubo de caminhões e recupera carro roubado na Rodovia Fernão Dias. Em São José do Rio Preto, carga milionária de cigarros contrabandeados foi apreendida

Organização criminosa que atua em pátios de postos de combustíveis teve um integrante preso e outro identificado. Carga de cigarros paraguaios, avaliada em R$ 1,5 milhões, foi interceptada em ação conjunta com Polícia Militar Rodoviária.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou duas prisões na Rodovia Fernão Dias (BR-381), estrada que liga os estados de São Paulo e Minas Gerais. Um veículo de passeio foi recuperado e a ação de uma organização criminosa, que realizava roubo de veículos e cargas, foi frustrada.

Nesta terça-feira (26), no município de Vargem/SP, policiais em atividade de fiscalização ostensiva desconfiaram do condutor de uma pick-up Strada, por conta do excessivo nervosismo demonstrado ao avistar uma viatura. Ao realizarem os procedimentos de praxe, os agentes perceberam, por experiência, indícios de falsificação no documento; ao inspecionarem os itens de segurança, concluíram se tratar de um veículo clonado, com registro de roubo/furto no estado de Minas Gerais.

O motorista disse que havia negociado o carro, que fora trocado por uma carreta, em um site de comércio eletrônico. Não houve apresentação de documentos que comprovassem a versão declarada pelo condutor do veículo, que em razão dos delitos constatados recebeu voz de prisão por crime de Receptação e também por Uso de Documento Falso.

Já no início da madrugada de hoje (27), pouco depois da meia-noite, uma guarnição policial em ronda ostensiva foi alertada por um motorista de caminhão sobre uma tentativa de roubo. O homem, que dormia no interior do veículo, com a família, no pátio de um posto de gasolina, disse que 3 homens quebraram os vidros e tentaram entrar na cabine para roubá-lo. As equipes da área foram acionadas e localizaram veículos similares aos descritos pela vítima.

No momento da abordagem, os infratores tentaram atropelar os policiais e, durante a fuga, realizaram diversas manobras, colocando em risco pedestres, ciclistas e demais motoristas na rodovia. O veículo foi alcançado após capotar e os ocupantes, de imediato, tentaram fugir a pé. Um dos homens foi alcançado e preso, confessando fazer parte de uma quadrilha de roubo de veículos e cargas. No interior do veículo acidentado, foram encontradas duas maletas com dispositivo bloqueador de sinal (vulgo Jammer ou capetinha), além de um documento de identificação pessoal (RG) do infrator que conseguiu fugir, reconhecido visualmente pelos policiais.

 

Quando registravam a ocorrência no Posto Policial, o motorista de uma carreta pediu ajuda, dizendo ter sofrido tentativa de assalto por integrantes da mesma quadrilha. O profissional afirmou aos policiais que fora mantido refém na cabine de seu caminhão mas, devido a notícia da prisão de parte da quadrilha, os assaltantes fugiram.

As investigações serão conduzidas pela Polícia Civil do município de Atibaia, local onde foram registradas as ocorrências e encaminhados o preso e as testemunhas.

No raiar do sol desta quarta-feira (27), em São José do Rio Preto, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar Rodoviária prenderam um homem de 36 anos transportando cigarros contrabandeados do Paraguai.

Uma viatura da Polícia Rodoviária Federal, em ronda ostensiva, avistou uma carreta bitrem realizando manobra suspeita, na altura do km 64 da BR-153 (entroncamento da BR com a Rodovia Washington Luís). No momento da abordagem, uma viatura da Polícia Militar Rodoviária passava pelo local e prontamente parou, prestando apoio tático operacional. Os policiais rodoviários federais e militares desconfiaram do nervosismo do motorista e ao inspecionarem a carga, encontraram grande quantidade de cigarros contrabandeados, sendo todos de marcas estrangeiras conhecidas (Play, Eight, San Marino e outros). Os policiais contabilizaram, por amostragem, 1.000 caixas de cigarros, que podem conter até 500.000 maços. O valor aproximado da mercadoria contrabandeada é de R$ 1.500.000,00 (Um milhão e quinhentos mil reais).

A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Federal de Rio Preto pelas Polícias Rodoviárias Federal e Militar. O homem recebeu voz de prisão por crime de Contrabando, que tem pena prevista de 2 a 5 anos de reclusão.

Imprensa.SP

Setor de Comunicação Social da PRF em São Paulo.