PRF inicia Operação Integrada Rodovida no Espírito Santo

Ação busca a integração entre os órgãos públicos de todas as esferas para reduzir acidentes de trânsito

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciará nesta sexta-feira (14), a Operação Integrada Rodovida no Espírito Santo, que se estenderá até 10 de março de 2019 e será comandada pelo Ministério da Segurança Pública, através da PRF, com apoio da Presidência da República, Casa Civil e dos Ministérios das Cidades, da Saúde e dos Transportes.

A iniciativa terá como ação o enfrentamento à violência no trânsito brasileiro e os custos sociais, em um período marcado pelo aumento no fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais, em função das férias escolares, festas de Natal, Ano Novo e Carnaval.

Desde 2011, a Operação Integrada Rodovida ocorre no período de maior fluxo nas rodovias federais. São milhões de brasileiros em trânsito nas rodovias de todas as regiões do Brasil durante esse período.

No Espírito Santo a Operação iniciará às 10h no Km 266 da BR 101, em Laranjeiras, na Serra, tendo como prioridade local e durante todo o período de Operação, o combate às infrações de trânsito relacionadas ao excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas. Além dessas infrações, o uso correto de equipamentos como cinto de segurança, cadeirinhas para crianças e capacetes também serão alvos da fiscalização do Órgão, sendo fundamental para a redução dos traumas causados em acidentes, podendo até mesmo, evitá-los. Além da fiscalização intensificada, atividades permanentes de educação para o trânsito serão desenvolvidas com foco nos comportamentos de risco para que a sensibilização produza mudança de comportamento e, consequentemente, um trânsito mais seguro.

 

Rodovida

A Operação Integrada Rodovida tem como principal objetivo reduzir a quantidade de acidentes graves nas vias públicas e o consequente custo social, através da integração entre os órgãos de trânsito de todo o país. A Rodovida integra, também, o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes, criado em 2011, pela Organização das Nações Unidas (ONU). A meta prioritária desse pacto é reduzir em 50% o número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito.

A operação é uma iniciativa do governo federal, capitaneada pelos Ministérios da Segurança Pública, Justiça, Cidades, Saúde, Transportes, Portos e Aviação Civil, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), Polícias Militares (PMs), Polícias Civis, Guardas Municipais, Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (SAMU), Corpo de Bombeiros, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Departamentos Estaduais de Trânsito (DETRANs), Departamentos de Estradas e Rodagem (DERs), Secretarias Municipais de Trânsito, Ministério Público, Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) e SEST/SENAT.

 

Restrição de tráfego

A PRF também faz um alerta aos motoristas profissionais. Como acontece em todos os feriados prolongados, o tráfego de caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha será restrito em alguns momentos. A restrição visa aumentar a fluidez do trânsito nas rodovias de pista simples, maior parte da malha viária nacional. Nos dias e horários de maior movimento, esses veículos não poderão transitar, independentemente de estarem descarregados ou possuírem Autorização Especial de Trânsito (AET).

OPERAÇÃO
RODOVIDA
25/12/2018 terça-feira 14:00 às 22:00
01/01/2019 terça-feira 14:00 às 22:00