PRF integra missão comandada pelo ministro Sérgio Moro aos Estados Unidos

Troca de experiências e boas práticas entre diversos órgãos de segurança e inteligência norte-americanos são os principais objetivos da viagem

 

Brasília, 24/06/2019 – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está fazendo parte da comitiva que acompanha o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que está em missão oficial nos Estados Unidos da América (EUA) até o dia 26. Os representantes brasileiros estão fazendo uma série de visitas aos órgãos de segurança e inteligência do país. O diretor-executivo, José Hott Júnior, é o representante da PRF na delegação. Acompanham também o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo e o diretor de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Igor Romário de Paula.

 

A viagem busca reunir experiências e boas práticas para fortalecer as operações integradas no Brasil. A PRF está inserida como uma das principais instituições da área de segurança pública a promover e compor operações integradas no país. As ações da Polícia Rodoviária Federal estão em perfeito alinhamento com as premissas do governo federal para a segurança pública; em destaque para o combate ao crime organizado e transfronteiriços.

 

Para deixar claro a importância do órgão no campo dos resultados, a PRF apreendeu só no ano passado mais de 10 milhões de pacotes de cigarros contrabandeados. Já as apreensões de cocaína em 2018 ultrapassaram as 18 toneladas; maconha, mais 305 toneladas. Foram apreendidas 1.741 armas de fogo e 161,273 munições no último ano. Até o mês de maio deste ano a PRF segue com números bem expressivos. O total de pacotes de cigarros apreendidos já ultrapassa a casa dos quatro milhões. Os flagrantes envolvendo maconha e cocaína em 2019 também são destaque: mais de 111 toneladas de maconha e aproximadamente 8 toneladas de cocaína. Os resultados citados acima são exemplos de crimes transfronteiriços e que deixam a instituição em uma posição de protagonista nesta área. Não é à toa, portanto, que a PRF está inserida no contexto dos assuntos tratados pela comitiva do ministro Moro em visita àquele país.

 

Estão previstas na agenda do ministro e comitiva visitas aos principais departamentos, centros e agências de combate ao crime organizado e ao narcoterrorismo. Como exemplo, citamos: patrulha de fronteira, que atua entre EUA e o México; ao Centro de Inteligência da cidade de El Paso, localizado no estado do Texas; Divisão de Operações Especiais da DEA (Drug Enforcement Administration) e ao Centro de Operações de Narcoterrorismo. Há ainda a previsão de uma reunião no Centro Internacional de Operações e Inteligência de Anti-Crime Organizada, que agrupa a atuação de nove agências e promotores federais em oposição às ameaças de organizações criminosas internacionais à segurança global.