PRF lança Operação Rodovida nas BRs de todo o país

Até o dia 1º de março, a PRF contará diversos parceiros, em ações integradas, com o propósito comum de preservar vidas nesse período de grande movimentação nas rodovias federais de todo o país.

Integrar para proteger vidas. Essa é a proposta da Operação Rodovida 2019, ação do Governo Federal integrada com estados e municípios, que foi lançada, nesta sexta (20), nas rodovias federais de todo o Brasil. Até o dia 1º de março, às ações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) se integrarão diversos parceiros com o objetivo de reduzir a violência no trânsito e os custos sociais deles decorrentes.

Férias, festividades de Natal e Ano Novo e o Carnaval elevam consideravelmente o fluxo de veículos que circulam nas rodovias federais de todo o país. Com a maior movimentação, cresce também a possibilidade de ocorrência de acidentes, daí a importância da iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da PRF, em buscar integração a fim de prevenir acidentes e coibir condutadas que colaboram para a ocorrência desses.

Além do desenvolvimento de ações nos trechos mais críticos de acidentalidade, levando em consideração dados estatísticos, a Rodovida se propõe a preservar vidas priorizando não só o trabalho de fiscalização e educação para o trânsito. Com a Operação, a PRF buscará também extrair da competência de cada ministério e instituição integrante meios de fomentar novas políticas de segurança viária.

INTEGRAÇÃO – Apoiam o MJSP E a PRF os Ministérios da Infraestrutura, da Saúde, da Educação; e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, todos articulados pela Casa Civil. Outros importantes atores da Operação são o Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o Serviço de Atendimento móvel de Urgência (SAMU); e as Secretarias de Saúde e de Segurança Pública nos estados.

A PRF já conta com a integração governamental, porém acredita em uma parceria ainda mais fundamental para a redução da violência nas rodovias federais do país: a da população. Por isso, a Rodovida busca também sensibilizar todos os usuários do trânsito; motoristas, passageiros, pedestres, ciclistas, caminhoneiros etc da importância de cada um na manutenção e construção de um trânsito mais seguro.

ESTATÍSTICA – A PRF registrou durante a Operação Rodovida 2018 a ocorrência de 183 acidentes, um número 65% inferior ao computado no ano de 2011, quando foi lançada a primeira edição da operação. Os números de feridos e mortos também sofreram queda de 24,7% e 38,5%, respectivamente.

Os dados demonstram não só a tendência de construção de um trânsito mais seguro, mas também o compromisso da PRF com Programa da Organização das Nações Unidas – ONU, Década Mundial de Segurança Viária 2011/2020, cuja meta prioritária é reduzir em 50% o número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito. Os resultados positivos são consequência, especialmente, do trabalho de integração para proteger vidas como é a Operação Rodovida.