PRF realiza escoltas de combustível para o aeroporto Marechal Rondon e municípios do interior do MT

Neste domingo, dez caminhões-tanque foram escoltados até o município de Rondonópolis, no sudeste do estado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vem realizando escoltas de veículos cujas cargas são fundamentais para manutenção dos serviços essenciais no Mato Grosso. Na tarde deste domingo (27), sétimo dia da manifestação dos caminhoneiros em todo Brasil, os policias rodoviários federais fizeram escolta de dois caminhões-tanque com destino ao município de Sorriso, no norte do estado. Foram 94.100 litros de combustível que servirão para abastecer veículos de emergência, das forças de segurança e dos serviços públicos essenciais.

Na manhã de hoje (27), dez caminhões-tanque foram escoltados pela PRF até o município de Rondonópolis, no sudeste do estado. Os veículos carregados com gasolina e etanol tiveram como destino alguns postos da cidade onde são abastecidos veículos dos órgãos prestadores de serviços públicos essenciais. Pela quantidade de combustível transportado, cerca de 250 mil litros, a ação não só garantiu o abastecimento desses veículos, mas também atendeu a população.

Durante a madrugada deste sábado (26), uma carga de 44 mil litros de combustível para aviação foi escoltada pela PRF do município de Rondonópolis, no sudeste do Mato Grosso, até o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, localizado em Várzea Grande, região Metropolitana de Cuiabá.

Por um trecho de cerca de 230 Km da BR-364, equipes de três Unidades Operacionais da PRF se revezaram e garantiram o abastecimento do terminal que tem operado normalmente durante a manifestação dos caminhoneiros. Outros dois caminhões-tanque foram escoltados até o terminal na tarde de ontem (26). No total, a PRF escoltou cerca de 350 mil litros de combustível para aviação até o aeroporto desde a última quarta (23).

Corredores para a circulação de cargas sensíveis, transporte de animais, gêneros alimentícios, equipamentos essenciais, combustíveis etc estão sendo mantidos pela PRF, além de prestação de apoio aos manifestantes durante as desmobilizações no intuito de garantir a segurança de todos os usuários das rodovias federais.