PRF realiza Operação Temática em todo Brasil sobre uso de celular ao volante

Foi mais uma etapa das fiscalizações temáticas que integram a Operação Rodovida que segue até o mês de março

Nesta quarta-feira (15), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou mais uma etapa das operações temáticas que integram a Operação Rodovida que ocorre em todo o país. As ações acontecerão até o início do mês de março. Os temas escolhidos estão entre aqueles mais comuns ligados às modalidades que impactam a segurança viária como veículos de transporte de carga, uso do cinto de segurança e motociclistas.

Desta vez, o foco principal das fiscalizações foi sobre o uso de aparelho de telefone celular ao volante. Foram 7.641 veículos abordados e 333 flagrantes de uso do celular ao volante. A conduta irregular abrange tanto falar ao telefone, quanto manusear ou segurar enquanto dirige. Em 2019, foram aplicadas mais de 30 mil notificações a condutores que ainda insistem em usar telefone enquanto dirigem.

A proteção da vida no âmbito da PRF tem várias frentes, entre elas, contribuir para a diminuição de mortes no trânsito.  Engajada no Programa da Organização das Nações Unidas – ONU, Década Mundial de Segurança Viária 2011/2020, o órgão também é parte fundamental no Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito – PNATRANS, no período de 2018-2022. O Projeto Nacional de Redução de Mortes, instituído pela PRF através da Portaria nº 194/2019/DG, de 04 de setembro de 2019 é parte deste compromisso com a vida.

Para viabilizar bons resultados, foi criada a Operação RODOVIDA da PRF, que consiste em um conjunto de esforços integrado com outros órgãos para reduzir a violência do trânsito. A operação direciona as fiscalizações para condutas que provocam índices elevados de morte nas rodovias. Estudos realizados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA em 2015 apontaram que o custo social de um acidente com morte chega ao valor de R$ 646.762,94 (seiscentos e quarenta e seis mil, setecentos e sessenta e dois  reais e noventa e quatro centavos.