PRF recupera veículo com ocorrência de furto/roubo e prende motorista por uso de documento falso e receptação

Com o sistema SINAL, o cidadão que tiver seu veículo roubado, furtado, com perda de sinal, em seqüestro ou clonado, poderá fazer um cadastro do referido veículo no portal da PRF.

Na tarde deste sábado (07), durante fiscalização de rotina no KM 04 da BR- 110, trecho do município de Paulo Afonso (BA), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordaram um veículo GM/Onix Joy, conduzido por um homem de 33 anos.

Foram solicitados os documentos do veículo e do condutor, quando em uma verificação minuciosa do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), a equipe identificou indícios de falsificação.

Durante a fiscalização no automóvel e após consulta detalhada ao sistema da polícia, os agentes federais observaram se tratar na realidade de um automóvel, com registro de furto/roubo datada de agosto/2019, na cidade de Recife (PE).

Diante dos fatos, ele foi encaminhado juntamente a documentação apreendida e o veículo à Delegacia de Polícia Civil local, para os procedimentos legais.

A PRF em 2019 já recuperou mais de 300 veículos furtados, roubados ou adulterados. O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinária da PRF e ações pontuais são realizadas sempre que se constata uma maior incidência desses crimes em determinadas regiões do país.

SISTEMA SINAL – Para cadastrar casos de roubo ou furto de veículos, as pessoas podem acessar o site www.prf.gov.br/sinal e inserir informações sobre o crime e as características do automóvel. De imediato, uma mensagem é enviada para os celulares dos policiais que estejam mais próximos da ocorrência, para auxiliar na recuperação do veículo. Vale ressaltar que o registro no sistema não substitui a confecção do Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.