PRF registra redução de 33,4% nas ocorrências de roubo de cargas nas rodovias federais do país

Os números foram registrados pela PRF em 2019 e comparados aos dados de 2018; eles refletem o investimento feito pelo órgão em capacitação, serviço de inteligência e ações estratégicas de enfrentamento

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou, em 2019, redução de 33,4% nas ocorrências de roubos de carga nas rodovias federais que cortam o país. O órgão contabilizou 1.333 boletins de ocorrência policial motivados por esse tipo de crime, contra 1.702 casos somados em 2018.

A queda foi observada quase na totalidade dos estados, com destaque para a redução registrada em Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Goiás, Paraíba e Pernambuco. Os dados levantados pela PRF nas rodovias federais acompanham o declínio na prática desse tipo de crime em todo o Brasil, dentro e fora das BRs.

De acordo com o Sistema Nacional de Informação de Segurança Pública (Sinesp), do Governo Federal, entre 2018 e 2019 (janeiro a setembro) a redução foi de 23,2%. No período, foram contabilizados, no ano passado, 12.732 roubos de carga no país. Já em 2018, 16.569 ações criminosas deram prejuízo patrimonial a pessoas físicas e jurídicas.

Os roubos de cargas ocorrem associados às regiões de maior fluxo de transporte rodoviário de cargas, principalmente nas regiões mais urbanizadas, devido à maior facilidade de escoamento do produto do crime. É o que aponta os estudos elaborados pela PRF.

Os resultados positivos refletem o investimento feito pelo órgão em capacitação, serviço de inteligência e ações estratégicas de enfrentamento. “Nós temos a missão de articular ações e estratégias com outros órgãos, promover ações de repressão, monitorar as rodovias e promover o nivelamento técnico efetivo”, explica o PRF Varella, chefe da Divisão de Combate aos Crimes Patrimoniais.

ENFRENTAMENTO – Além das ações de enfrentamento ao roubo de carga do serviço ordinário da PRF, o órgão realizou, em 2019, quatro operações específicas. Da integração com a Polícia Federal, foi realizada a Operação Feira Livre nos estados da Bahia, Paraíba e São Paulo. A Operação Lábaro foi operacionalizada em vários estados do Brasil. E quadrilhas de roubos de carga foram desarticuladas durante a Operação Furta Ônus em São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

ARTICULAÇÃO – No ano passado a PRF participou ainda de importantes eventos que promoveram uma maior aproximação instituição com outros órgãos, especialistas na temática e com setores da sociedade que vivenciam os problemas advindos dos crimes patrimoniais. Entre eles estão: V Fórum Nacional de Prevenção ao Roubo de Cargas – PRECARGA 2019, 1º Workshop sobre Combate ao Roubo e Receptação de Cargas 2019 da Associação Comercial, Industrial e de Serviços do estado de Goiás – ACIEG e o 3º Encontro de Segurança do Transporte Rodoviário de Cargas nas Regiões Sul e Sudeste.

A Portaria Nº 744, de 02/10/19, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, reativou o Comitê Gestor da Política Nacional de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos e Carga, quem como presidente e vice-presidente policiais rodoviários federais.