PRF renova frota de viaturas operacionais

A Polícia Rodoviária Federal de Registro/SP iniciou processo de renovação da frota de viaturas operacionais nessa quinta-feira (15/8). Foram duas novas viaturas entregues, sendo que outras duas serão entregues até o início do mês de setembro de 2019. Além dos modelos serem voltados para as ações operacionais, com motorização e sistemas de segurança capazes de realizar acompanhamento de veículos em fuga em alta velocidade, também contam com blindagem.

As Unidades Operacionais de Registro e de Barra do Turvo receberam, nesta data, novas viaturas operacionais. São modelos Sedan, com motorização com 178 cavalos de potência e sistema de tração e controle de estabilidade que garantem melhor performance em alta velocidade, facilitando o acompanhamento e a abordagem de veículos em fuga, situação comum em casos de flagrantes de crime. Contam também com sistema de iluminação de emergência de alta potência, em LEDs, tornando a sua presença inconfundível, mesmo durante o dia, aumentando a segurança dos usuários da rodovia. As viaturas contam com grafismo operacional desenvolvido pela PRF, inclusive, contando com grandes partes refletivas que, mesmo à noite são facilmente visualizadas.

Além disso, as viaturas receberam blindagem, aumentando a segurança de seus ocupantes. Infelizmente, tem se tornado cada vez mais comum ações criminosas que visam não apenas, com o emprego de armas de fogo, garantir a fuga da quadrilha, mas efetivamente alvejar os policiais em serviço, como o caso no dia 09 de julho, em Miracatu, quando 2 PRFs foram alvejados por uma quadrilha de roubo de cargas, quadrilha esta que fez vários reféns em Piedade/SP.

Até o início do mês de setembro deste ano, outras duas viaturas, desta vez caminhonetes, também blindadas, serão entregues para patrulhamento da rodovia Régis Bittencourt.

Uma das caminhonetes foi adquirida com recursos da União, mas as blindagens, assim como a aquisição das demais viaturas, foram empregados com recursos do pedágio da Rodovia Régis Bittencourt.