PRF resgata quase 2 mil tartarugas e prende traficante de animais em Torres

A Polícia Rodoviária Federal prendeu um criminoso que estava transportando em um veículo 1.820 filhotes de tartaruga Tigre D’água na manhã desta terça-feira (17), na BR 101, em Torres.

Em ação de combate aos crimes ambientais, Policiais Rodoviários Federais abordaram um automóvel Palio, com placas do Rio de Janeiro, que vinha de Pelotas, zona sul do estado. Os agentes desconfiaram do motorista, um senhor de 61 anos, que durante a entrega dos documentos apresentou nervosismo excessivo, e então realizaram uma revista no carro, encontrando várias caixas de papelão nos bancos dianteiros e traseiros, além do porta-malas. Ao abrirem as caixas, os PRFs encontraram os animais em condições precárias.

Aos policiais, o criminoso afirmou que venderia as tartarugas em São Paulo, e que as havia comprado na cidade de Pelotas. Cada animal custa em média cerca de 50 reais em lojas especializadas.

Pelas condições em que estavam acondicionados os filhotes, é provável que boa parte deles chegaria sem vida no destino. Pelo que os agentes federais puderam constatar, aproximadamente 10 já estavam mortos.

O homem, que ja havia sido detido por traficar papagaios em 2019, foi preso por crime ambiental e conduzido à polícia judiciária local para o registro da ocorrência. Os animais foram levados ao IBAMA para tratamento e posterior encaminhamento de volta à natureza.