PRF ultrapassa fronteiras nacionais em sua Política de Desenvolvimento de Pessoas

A instituição, que tem servidores participando do processo seletivo para mestrado na UNB, conta também com um representante no mestrado em segurança internacional, na Espanha

O objetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de promover o desenvolvimento humano com foco na valorização, qualificação e a adequada alocação de pessoas para o alcance da estratégia organizacional ultrapassou as fronteiras do Brasil. Alinhada às Políticas de Desenvolvimento de Pessoas, a instituição contou com um representante no Mestrado Oficial em Gestão Sênior em Segurança Internacional, realizado no Centro Universitário da Guarda Civil – CUGC, na Espanha.

De 21 de outubro a 8 de novembro, o diretor executivo da PRF, José Lopes Hott, participou do mestrado, levou o nome da PRF a um verdadeiro intercâmbio de conhecimentos que envolveu agentes de segurança da Europa, América Latina e diversos lugares do mundo. “Essa primeira etapa do mestrado tinha o objetivo de propiciar uma visão global sobre aspectos estruturais relacionados à segurança pública”, disse o PRF.

A experiência trazida na bagagem é resultado de inúmeras atividades de ensino e visitas institucionais em nível nacional e internacional. O foco do CUGC é oferecer aos participantes boas práticas legislativas, organizacionais e tecnológicas desenvolvidas em nível estratégico e operacional pela Guarda Civil da Espanha e também por outras entidades.

Geopolítica, estrutura do sistema de segurança pública de cada país e boas prática de comando e controle e, claro, trânsito estiveram em pauta. Na ocasião, o modelo de segurança empregado aqui no Brasil foi compartilhado com os mestrandos.

“Estamos debatendo os mesmos temas e buscando viabilizar propostas inovadoras na instituição. Podemos afirmar que a PRF está no mesmo patamar de discussão e possui capacidade de implementar soluções semelhantes aos países que sempre ocuparam a liderança nesse processo”, explicou o diretor executivo.

Essa foi apenas uma das fases do mestrado, outras duas estão prevista no primeiro semestre de 2020, mais uma oportunidade de validar as estratégias institucionais e de inserção do país no rol das referências em segurança. “Nesse cenário, cada vez mais o Brasil se fortalece como uma liderança regional na América Latina e a PRF se apresenta como modelo inspirador para as demais polícias da nossa região”, declarou o policial, que representou a turma na cerimônia de encerramento, em Madri.

Parceria UNB – Para promover o desenvolvimento de seus servidores a PRF busca parceria com instituições de ensino. A Universidade de Brasília (UNB) é uma delas. Cerca de 10 servidores, policiais e administrativos, participam do processo seletivo para o curso de Mestrado Profissional em Administração Publica que tem início no próximo mês.

Para a policial Ellen D’Andrea, a PRF tem apostado de forma certeira ao fomentar a buscar de conhecimento. “Temos estudiosos que já desenvolvem ótimos trabalhos e acredito que esse programa de mestrado venha estimular os colegas a se debruçarem sobre temas novos e indispensáveis para a evolução da instituição”, disse a PRF, candidata a uma vaga na UNB.

Já atuando na área, D’Andrea, que é formada em Direto, se aprovada em todas as etapas da seletiva, buscará no curso tratar dos desafios da implantação de uma unidade de controle interno dentro da instituição. Para ela, uma realização pessoal que poderá se tornar possível pelo compromisso da PRF com o desenvolvimento de seus servidores. “Se der tudo certo, essa parceria sem dúvida facilitará a realização de um sonho”, declarou.

Mas a parceria PRF e UnB não para por aí. Para o início do próximo ano, estão previstas mais 10 vagas, em um edital específico; mais uma oportunidade para os policiais que não conseguirem participar desta edição. Leia mais sobre a Política de Desenvolvimento de Pessoas da PRF clicando AQUI.

 

Saiba um pouco mais sobre o Centro Universitário da Guarda Civil – CUGC da Espanha e sobre o Mestrado Oficial em Gestão Sênior em Segurança Internaciona acessando o site oficial (em espanhol) e as notícias abaixo: