Prudência no trânsito contribui no tratamento de pacientes contaminados por coronavírus

Em decorrência do período de isolamento social que o país vive por recomendações das autoridades de saúde como forma de evitar a disseminação do novo coronavírus, a PRF constatou impacto importante no trânsito das rodovias federais que passam por Goiás.

Comparativo feito pelo órgão na segunda quinzena de março do ano passado com o mesmo período deste ano aponta que a quantidade de acidentes caiu de 96 para 73, os óbitos reduziram de sete para três e 55 pessoas a menos ficaram feridas, diminuindo de 135 para 80. Esses dados são referentes ao período de 16 a 31 de março.

As reduções nos índices de acidentalidade são reflexos da diminuição do tráfego de veículos e, por consequência, das infrações de trânsito. Nesses 15 dias, a PRF flagrou 10 motoristas alcoolizados neste ano, contra 163 em 2019 e as autuações em geral caíram mais da metade passando de 8.494 no ano passado para 4.177 desta segunda quinzena de março.

Em virtude da pandemia, as autoridades de saúde têm alertado sobre o risco de colapso do sistema de saúde e ressaltam que as medidas de distanciamento social possuem como uma das consequências a redução do tráfego de veículos, disponibilizando leitos hospitalares e a reduzindo as demanda por bolsas de sangue, muitas vezes utilizados por politraumatizados, vítimas de acidentes de trânsito.

A PRF reforça aos cidadãos que precisarem sair de casa e utilizarem as rodovias, que sejam prudentes e respeitem a legislação de trânsito. Usar o cinto de segurança, o capacete, não ultrapassar em local proibido, não utilizar o celular ao volante e não dirigir sob influência de álcool, por exemplo, são condutas que visam a segurança de todos os usuários do trânsito e contribuem para a liberação de leitos hospitalares, profissionais da saúde e materiais que poderão ser direcionados para o tratamento de pacientes com Covid-19.

Em tempos de pandemia, em que a necessidade de preservação da vida está em evidência, fica o alerta: Se puder, fique em casa, mas se tiver que sair, respeite sempre as leis de trânsito

 

Secom.GO

Superintendência Regional da PRF no Estado de Goiás, estabelecida desde 1959. Hoje conta com 7 delegacias, 13 postos de fiscalização em mais de 3.000 km de malha viária no estado.