Quase 23 kg de skunk ou “supermaconha” são apreendidos na BR 101 em Biguaçu

Policiais rodoviários federais apreenderam na manhã de hoje (quarta), na BR 101 em Biguaçu, 22,9 quilos de skunk. A droga também é conhecida como “supermaconha” por ter sete vezes mais o mesmo princípio ativo (THC). Um homem foi preso.

Durante fiscalização a um Jeep/Renegade placas de Belo Horizonte/MG (locadora), os agentes desconfiaram do cheiro característico e encontraram os pacotes com skunk no porta-malas do veículo.

O motorista, paranaense de 30 anos, disse que buscou a droga em Porto Alegre e a levaria até Curitiba. Ele foi levado à Delegacia de Polícia de São José, onde vai responder por tráfico de drogas.

A ação do skunk no organismo é a mesma da maconha. No entanto, devido à alta concentração de THC, a possibilidade do usuário tornar-se dependente é muito maior.