Simões Filho: PRF flagra caminhão transitando na BR 324 com diversas irregularidades

Suspensão modificada com altura de quase 2 metros da carroceria para o chão e para-choque alongado. Em caso de uma colisão traseira, essas alterações poderiam ocasionar uma lesão grave ou até morte. As multas somaram quase 2.000 reais e geraram 29 pontos na carteira de habilitação do motorista que estava com o direito de dirigir suspenso.

Policiais rodoviários federais flagraram uma situação perigosa na manhã desta sexta-feira (11), durante fiscalização em frente a unidade policial da PRF, em Simões Filho (BA).

Os agentes federais fiscalizavam a rodovia quando visualizaram um caminhão Scania/P310 com diversas irregularidades e pondo em risco à vida dos próprios ocupantes do carro e dos demais usuários da rodovia.

Durante os procedimentos de abordagem, a equipe logo flagrou que o caminhão estava com a suspensão alterada e o para-choque alongado. Em caso de uma colisão traseira, essas alterações poderiam ocasionar uma lesão grave ou até mortes no efeito conhecido por ‘guilhotina”. O veículo encontrava-se também com uma das placas sem visibilidade, pneu traseiro desgastado, estava com o disco tacógrafo irregular. Além disso, o condutor estava com o direito de dirigir suspenso.

Diante das infrações de trânsito apresentadas, os PRFs emitiram as notificações previstas nos incisos VI, VII, X, e XVIII, do art. 230 e mais o inciso II, do art. 162 todos amparados na Lei 9.503/97 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), quais sejam:

  • Conduzir o veículo com qualquer uma das placas de identificação sem condições de legibilidade e visibilidade;
  • Conduzir o veículo com a cor ou característica alterada;
  • Conduzir o veículo com o equipamento obrigatório em desacordo com o estabelecido pelo CONTRAN;
  • Conduzir o veículo em mau estado de conservação, comprometendo a segurança;

  • Dirigir veículo com Carteira Nacional de Habilitação, Permissão para Dirigir ou Autorização para Conduzir Ciclomotor cassada ou com suspensão do direito de dirigiR.

Diante do cenário apresentado o veículo foi removido ao pátio da PRF. As multas aplicadas na abordagem somaram R$ 1.759,57 e geraram 29 pontos na CNH do motorista.

A PRF alerta que segue com o policiamento ostensivo e patrulhamento preventivo, para coibir condutores agindo com imprudência, falta de cuidado e desrespeito às Leis de Trânsito, com foco principal de garantir a segurança viária dos usuários que utilizam as estradas federais da Bahia.

Para informações, denúncias, comunicação de crimes e acidentes a PRF dispõe do número de emergência 191. A ligação é gratuita e atende 24 horas em qualquer parte do País.