Tatuador e professora são presos com drogas na Dutra

Maconha com potencial quatro vezes mais forte foi encontrada no veículo

Durante a Operação Copa América, no sábado 06/07, por volta das 21h30, a PRF abordou o veículo GM/Corsa, no km 165 da rodovia Presidente Dutra, onde transitava um casal. O condutor, tatuador de 26 anos, e a passageira, professora de 21 anos, demonstraram nervosismo ao entregar a documentação, solicitada pelos policias.

Em razão da inquietação dos dois, foi realizada uma busca detalhada no interior do veículo pelos agentes da PRF, onde foi encontrado um pacote grande, contendo cigarros, dois pequenos recipientes de maconha e MDMA (ecstasy).

O casal vinha de São José dos Campos e alegou que o destino seria uma festa em São Paulo, onde a droga seria consumida. Os policiais ainda obtiveram a informação de que a droga seria uma espécie de “maconha hidropônica”, tratada em laboratório, com alto potencial alucinógeno.

Os dois foram detidos e encaminhados para a Polícia Judiciária de Jacareí, para prestar esclarecimentos e responder pelo crime.

Imprensa.SP

Setor de Comunicação Social da PRF em São Paulo.