Você está aqui: Página Inicial / Notícias em Destaque / Primo de Fernandinho Beira-Mar é preso na Dutra pela PRF

Primo de Fernandinho Beira-Mar é preso na Dutra pela PRF

Ele é suspeito de gerenciar o comércio de drogas na comunidade Parque das Missões

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem de 32 anos, vulgo “Sobrinho”, em uma abordagem na rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Vigário Geral, na Zona Norte do Rio. Ele é primo do traficante Fernandinho Beira-Mar e possuía um mandado de prisão por tráfico de entorpecentes. O homem é suspeito de gerenciar o comércio de drogas na comunidade Parque das Missões, em Duque de Caxias. A prisão aconteceu no final da noite de terça-feira (10).

Equipes da PRF faziam uma ronda nas proximidades do trevo das Margaridas, quando desconfiaram dos ocupantes de um Megane e decidiram abordá-los. Ao perceberem o nervosismo dos suspeitos, os policiais iniciaram uma fiscalização mais detalhada. O primo de Fernandinho Beira Mar, carona do carro, apresentou aos agentes um documento falso. Então, os policiais verificaram que ele era foragido da justiça. O mandado de prisão por tráfico de entorpecentes foi expedido em 2016 pela 1a Vara Criminal do Tribunal Regional Federal da 2a Região.

“Sobrinho” é suspeito de ser o gerente do tráfico de drogas na comunidade Parque das Missões, na Baixada Fluminense. Ele confessou ter sido traficante, mas negou ser o gerente do comércio de drogas no local. O foragido havia sido preso pela última vez em 2012, na Linha Vermelha.

A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal na Praça Mauá, no Centro do Rio. A ação faz parte da operação Égide, que reforça o policiamento nas rodovias federais do estado.

O preso é filho de Marcos José Monteiro Carneiro, o “Periquito”, apontado como um dos maiores fornecedores de armas e drogas para a facção que atua na favela Beira-Mar, em Caxias, e outras da quadrilha.

"Periquito" seria também o tesoureiro do grupo, a mando de Fernandinho Beira-Mar, atualmente preso no sistema federal.